O blog...

Eu não sou profissional da moda e nem sei me maquiar direito.
Mas, como dizem por aí:
"Toda mulher no fundo é uma especialista em beleza."
Logo, como eu gosto muito de escrever, criei este blog com a intenção de compartilhar com as minhas amigas e leitoras, moças bonitas, assuntos que nós, mulheres, curtimos muito.

Este é o meu diário virtual.

Então, aqui sempre será o nosso cantinho íntimo e sossegado para conhecer, compartilhar e comentar sobre coisas que nos faz ser exclusivas, lindas e especiais.

Bjux
Pri

Instagram

sábado, 26 de junho de 2010

29 primaveras...

Hoje, dia 27 de junho, completo 29 anos de idade.

Única mulher dos três filhos de Sônia e Josué, meus pais, que me criaram como uma princesa e, desde pequena eu sabia que sempre seria especial, pois, quando eu queria saber porque tinha nascido, mainha me falava em alto e bom som: "Você nasceu para ser amada!"

Concordo que me estragaram "um pouco" por causa do cuidado exagerado, do excesso de mimos e do amor que, às vezes, me sufocava. Mas, sempre soube que era para meu bem-estar e que eu era uma menina privilegiada.

Cresci ouvindo meus pais falando de Deus e da Sua Palavra, a Bíblia, ouvindo louvores e participando diariamente dos "cultinhos" bíblicos que minha mãe fazia. Que saudade... Eu e meus dois irmãos, Felipe e Társis, participávamos com todo o ânimo e curiosidade de uma criança.

Cresci, estudei muito, fiz duas graduações, mais duas pós e, comecei um mestrado, mas, abandonei. Disse chega pra mim mesmo. Mas voltei a estudar de novo, é uma das minhas cachaças, não tem jeito...! Mas a culpa é de mainha que sempre dizia que queria ver em mim uma profissional de sucesso, não uma dona de casa como ela. Acabei crescendo sem saber como usar uma vassoura e fritar ovo... Acho que há muitas mulheres que viveram uma criação assim também, não é? Obrigada, mamy. Hoje sou esta mulher, porque abaixo de Deus, você e meu pai me amaram e me criaram com toda a dedicação do mundo. Amo minha carreira e, o conhecimento que adquiri durante todos esses anos, ninguém poderá tirar de mim!!! Dinheiro bem aplicado, painho! :))

Casei aos 27 anos com o único homem que, quando me pediu em casamento, eu não terminei o relacionamento. Logo, não preciso nem dizer que ele é o meu príncipe encantado.

Ah! Vou fazer dois anos de casada e, já sei varrer casa, fritar ovo e mais algumas "coisitas". Mas o maridão não cobra nada porque já se casou bem informado por todos da família sobre a falta de dotes culinários e domésticos no meu currículo. :( Logo, ele é muito melhor na cozinha que eu. Fazer o quê?!rsrsrs

Para terminar, gostaria de dizer a vocês, amigas e amigos virtuais, meus amigos de longe, que não vejo muito, e para aqueles que vejo quase sempre também (por que não?), que sou uma mulher abençoada demais por Deus, abraçada todos os dias pelo amor incondicional do Papai do Céu que não me cobra nada em troca. Eu sou fruto da Sua misericórdia e poder. Obrigada, Jesus, por mais um ano de vida feliz. O Senhor me deu tudo, logo, tudo é Seu.

Bem, agora chegou a hora de soprar as velinhas!! Como não posso fazer isso ao vivo, literalmente, vou partir meu bolo com vocês aqui, no nosso espaço virtual. Que tal?


O meu primeiro pedaço vai para você que ler sempre o meu diário virtual, que deixa um comentário com sua opinião que vale muuuuuuuito e me anima a continuar a escrever, e, que faz o meu dia a dia mais interessante e prazeroso. Obrigada por hoje participar da minha vida, moça bonita.

Parabéns para nós e muitos anos de vida!!!

Além do bolo lindo (gostaram?!), quero compartilhar com vocês uma das trilhas sonoras da minha vida. Espero que gostem. Esta música fala tanto de mim e por mim, que a escolhi para tocar na hora que terminou a parte da cerimônia religiosa do meu casamento. O tempo é sábio... A paciência é uma das nossas melhores amigas!

“Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora; Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.” Eclesiastes 3: 1 a 8

Bjuxx,
                                     Pri (agora com 29 aninhos)

11 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ele é muito importante para mim, moça!